Notícias

Técnico da COPEL fica trancado em loja na área central de Cornélio Procópio


Brasil Net

A dona da loja se irritou com um corte de energia que deveria ser feito e fechou as portas da loja

Foto: Ilustrativa
A COPEL já havia notificado a proprietária do estabelecimento sobre o procedimento

Na tarde de terça-feira (11), a central da 1ª Companhia da Polícia Militar de Cornélio Procópio recebeu um chamado de um funcionário da COPEL, o qual informou que um dos seus companheiros de trabalho foi trancado no interior de uma loja na área central da cidade contra a sua vontade ao tentar cortar o fornecimento de energia do estabelecimento, que estava irregular.

Rapidamente equipes que patrulhavam a região central da cidade foram até o local, onde constataram o fato e após uma negociação rápida, o técnico foi libertado.

Segundo o que foi apurado no local, o relógio de medição de energia foi instalado fora do alcance de visão dos leitores e a COPEL já havia notificado a proprietária do estabelecimento por várias vezes, mas esta não providenciou a mudança do local do aparelho.

Diante disso, a empresa enviou dois técnicos para o estabelecimento, sendo que um deles se incumbiu de realizar o corte, mas a proprietária da loja, contrariada com a ordem da COPEL, fechou as de seu comércio, mantendo o rapaz no interior, sem poder sair.

O técnico ficou sem poder sair do estabelecimento por cerca de quinze minutos e após a chegada das equipes policiais, onde os ânimos foram acalmados, os envolvidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil, onde ficou acordado que o corte de energia não seria concluído com a promessa da proprietária da loja realizar a mudança do relógio nos próximos dias, mas ela ainda deve responder pelo crime de cárcere privado, informou a PM.

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Polícia Militar
Novidades Faccrei



Comente utilizando seu facebook