Notícias

Rapaz sofre tentativa de homicídio na área central da cidade


Visão Net

Quatros disparos de arma de fogo foram efetuados contra a vítima

Foto: Ilustrativa
Dois irmãos e uma terceira pessoa estariam envolvidos no crime

Na noite de quarta-feira (31), a equipe de serviço da Polícia Militar de Santa Mariana (12 Km de Cornélio Procópio),recebeu uma ligação informando que vários disparos de arma de fogo foram ouvidos na Rua Pedro Salomão, na área central da cidade.

Segundo a PM, de imediato a equipe seguiu para o local e durante o trajeto, foi informada que a pessoa de Anderson teria ligado para a 2ª Companhia, sediada na cidade de Bandeirantes, relatando que os irmãos Paulo Renan e Leonardo, acompanhados da pessoa Paulo Thiago o teriam perseguido pouco antes, onde teriam usado uma arma de fogo, a qual efetuaram quatro disparos contra a sua pessoas, mas que por sorte, nenhum o atingiu.

Sabendo que os meliantes acusados pela suposta vítima seriam todos conhecidos no meio policial, a equipe iniciou buscas, os encontrando na Rua Nenê Martins, onde estes receberam voz de abordagem, porém Leonardo conseguiu fugir, correndo para um matagal da Rua Ilideu Bráulio Figueira.

Com os abordados nada de ilício foi encontrado, seguindo os policiais na procura de Leonardo, que foi abordado e detido na Ria Maria Moreira Renó.

Apesar de fazerem varreduras pelos locais onde o trio passou e pelo matagal, os policiais não encontraram a suposta arma usada por eles, os quais foram conduzidos até a delegacia da Polícia Civil.

Em depoimento Paulo Renan afirmou que seu irmão Leonardo tem uma “treta” com Anderson, mas não soube informar do que se tratava.

Por sua vez, Anderson, a vítima, relatou que pela manhã ele foi atacado por Paulo Renan e Paulo Thiago, que o agrediram e tomaram de sua pessoa um aparelho celular, além de uma quantia em dinheiro.

O caso ficou sob-responsabilidade da Polícia Civil, informou a PM.

 

   


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Polícia Militar


Faccrei - vestibular 2019

Comente utilizando seu facebook