Notícias

Paraná vai levar as artes marciais para dentro das escolas


Brasil Net

Programa do Governo do Estado vai fomentar a prática das diversas modalidades de luta no contraturno escolar

Foto: Ilustrativa
O Assunto foi tratado em reunião do governador Ratinho Junior com atletas e professores

O Governo do Paraná vai levar as artes marciais para dentro das escolas estaduais, oferecendo treinamentos no contraturno às aulas convencionais e também nos fins de semana. O programa foi tema de uma reunião na segunda-feira (17), do governador Carlos Massa Ratinho Junior e uma delegação de atletas e professores ligados a diversas artes marciais. O encontro foi no Palácio Iguaçu.

A ideia, explicou o governador, é começar o projeto-piloto no segundo semestre deste ano em, pelo menos, três núcleos de educação. A partir de 2020, com o aprimoramento da iniciativa, a meta é difundir para as mais diversas regiões do Estado. “Gosto muito do esporte, sou um praticante. As artes marciais ensinam a filosofia do respeito, a obedecer hierarquia, a ser uma pessoa do bem”, disse Ratinho Junior. “Sem contar que com o esporte tiramos as crianças das ruas”, completou.

No encontro, com a participação do diretor-presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, a delegação de atletas e professores solicitou apoio para a criação de um departamento estadual da categoria, vinculado à autarquia, que integra a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. A intenção é elaborar projetos para trazer recursos federais visando o incremento do esporte local.

Presidente da Associação Desportiva e Cultural de Artes Marciais do Paraná (Adecam), o mestre Edinei Pedroso aprovou a iniciativa. Ele destacou a receptividade do governador Ratinho Junior. “O encontro foi ótimo. Curitiba e o Paraná formam atletas de ponta nesta modalidade, mas nunca houve reconhecimento”, afirmou.

De acordo com ele, o departamento quer cuidar de todas as demandas das diversas modalidades de lutas, ensinado a organizar um evento, buscar patrocínio ou mesmo ajudar na formação dos professores. “O departamento vai unificar as demandas.”

Responsável por mediar à reunião com o governador, o deputado estadual Alexandre Amaro diz acreditar que o esporte pode mudar a realidade de muitas crianças no Estado. “Objetivo é colocar as artes marciais nas escolas, para as crianças terem uma referência e o Paraná seguir formando grandes campeões”, ressaltou o parlamentar.

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da AEN
Novidades Faccrei



Comente utilizando seu facebook