Notícias

Governo não paga diária e policiais denunciam retaliação com mais trabalho


Brasil Net

Policiais alegam que passaram a receber escalas extras em horário de folga, depois da veiculação em matéria

Foto: PMPR
Policiais rodoviários estão há 21 dias sem receber diárias.

O Governo do Paraná ainda não cumpriu com o pagamento das diárias da Operação Verão aos policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e a denúncia grave é que a corporação tem sofrido retaliações. Policiais alegam que, embora estejam há 21 dias sem pagamento, passaram a receber escalas extras em horário de folga, depois da veiculação da matéria no portal da Banda B.

Fontes ligadas à Banda B confirmaram que o Comando da Operação Verão programou duas escalas extras, em período de folga dos policiais. Entre a corporação, policiais denunciam mensagens de intimidação, onde frases como ‘se reclamarem mais, vai piorar’, são constantemente pronunciadas por comandantes.

Um policial rodoviário estadual disse à Banda B na manhã desta sexta-feira (1º) que as escalas foram programadas justamente após a veiculação da notícia.  “Houve mais escalas extras, colocando todos os policiais na hora de folga. A gente já não tem dinheiro para nada, para moradia, alimentação e agora mais deslocamento em escala extra que nunca houve. Isso é retaliação por causa da denúncia, com certeza”, disse ele, que não será identificado.

Outro policial rodoviário, que também terá sua identidade preservada, alega que o horário de folga, por meio de escala, está sendo preenchida com mais horas de trabalho. “São 24 horas de trabalho para 48 de folga. No horário da folga, estão adicionando horas extras, com as diárias em atraso”, denunciou.

O valor da diária, segundo os policiais, é de R$ 180. Nessa sexta-feira, o valor acumulado de cada policial ultrapassa R$ 3,7 mil.

 

Resposta

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa do Governo do Paraná e recebeu uma informação de que houve uma falha de programação da despesa por parte do Governo anterior. ” Está sendo resolvido agora pelo atual Governo. O orçamento está sendo aberto. Falamos em liberação e agora o pagamento está sendo processado”, diz a nota.

A Polícia Militar (PM) também foi contactada sobre a denúncia de retaliação e horas extras. A informação extraoficial é que as escalas extras foram todas canceladas.

 

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Band B


Faccrei - vestibular 2019

Comente utilizando seu facebook