Notícias

Filho de Frota detona pai após ele ser eleito deputado e ator rebate


Visão Net

O garoto é fruto de um relacionamento entre o ex-ator e a personal trainner, Samantha Gondim, de Brasília

Foto: Reprodução/InstagramAlexandre Frota e Mayã Frota
Mayã frota, aos 18 anos, atacou o pai após resultado das urnas

Mayã Frota, filho de Alexandre Frota, de 18 anos, mostrou toda a sua indignação ao ver o pai eleito deputado federal por São Paulo. O garoto é fruto de um relacionamento entre o ex-ator e a personal trainner, Samantha Gondim, de Brasília. Após o resultado das urnas, Mayã foi para o Twitter e postou vários ataques contra o pai, que chegou a registrá-lo, mas jamais conviveu com ele.

Alexandre Frota foi apontado pelo filho como “ex-ator pornô e ex-viciado em cocaína”, acusado de não pagar a pensão alimentícia requerida na Justiça e ainda de sugerir abortá-lo.

O agora deputado decidiu contra-atacar e postou um textão em seu perfil eleitoreiro no Facebook. “Não é fake. o Mayã resolveu me atacar com esse post, achando que vou ficar perturbado. Com 18 anos na cara prestes a fazer 19, faz parte dessa geração revoltadinha. Mayã Frota, vou te responder aqui, você realmente é o meu filho tanto que te registrei assim que nasceu e não pedi exame de DNA, mas você é filho de um ex-ator da Globo, pois quando nasceu eu era um dos galãs da época na TV Globo eu estava em ‘Malhação’”, começa.

“Não se preocupe em ser filho de um ex-ator pornô eu era da Globo, o pornô veio depois, apesar de a Globo ser a putaria total. O PORNÔ veio quando você tinha quatro anos de idade, e com o dinheiro do pornô, não sei se sabe, você também foi beneficiado e comeu, bebeu e se vestiu com esse dinheiro do pornô”, acrescentou.

Frota ainda falou sobre a fase das drogas. “Quanto a ser ex-dependente químico viciado em cocaína, fui sim, nunca escondi de ninguém e jamais esquecerei, foi uma fase difícil da minha vida, triste, mas superei e me recuperei”, garante.

O ex-ator ainda sugere que a mãe de Mayã era usuária de drogas. Na época em que ficaram juntos, Samantha era menor de idade.

“Não sei se você sabe de tudo, mas quando foi concebido em um quarto de hotel em Brasília, eu e sua mãe, um bar tender na época, que conheci e na mesma noite saiu comigo para uma noitada, já havíamos enchido a cara na festa e resolvemos ir para o hotel. No hotel estávamos bebendo cheirando, fumando e fazendo sexo, ambos bem loucos. Eu e ela ok”, descreve.

“Sei que é difícil para você entender, mas precisamos deixar claro a verdade. E é na loucura que cometemos loucuras. Detalhe: sempre fui contra o aborto como sou até hoje, e nunca quis abortar você, não sei o que Samantha te falou. O estranho é só agora você questionar isso, depois da minha vitória. Você teve 18 anos para me perguntar e só agora aparece ?”, continuou Frota.

Em entrevista à Revista Quem, há alguns anos, Alexandre Frota usou de toda a sua conhecida franqueza ao polemizar sobre o reconhecimento e convívio com Mayã.

“É um bloqueio muito simples o que eu tenho com o Mayã. Meus pais se separaram quando eu tinha nove anos. Muito cedo eu estava sozinho na guerra. Outra coisa: eu não me preparei para ter esse filho. Ele não é fruto de um amor. É fruto de uma transa. A criança não tem culpa, é a frase chavão. Só que eu também não. Nasceu. Eu não fujo das minhas obrigações como pai. Dou dinheiro e faço tudo para estar junto nas datas, minha mãe e minha irmã são loucas por ele. Só que eu tenho que ser sincero. Eu não aceito. E não vou para psicólogo, para analista nenhum, não é a hora. Mais para frente, se eu quiser procurar ele e ele me aceitar está ótimo, se não quiser, está valendo. A vida é assim. Só que há poucos dias, eu comecei a conviver com o Enzo Gabriel, que tem quatro anos e é filho da minha namorada. Levo o Enzo para a escola, troco fralda, vou ao judô, ao cinema, ao teatro, brinco. Eu comecei a pensar, sabe... eu perdi um tempo com o meu filho. Uma criança de quatro anos está ensinando um homem de quase 50 anos a viver. Isso talvez um dia me aproxime do Mayã”.

Após o desabafo sobre o pai e a história de sua vida, Mayã foi duramente atacado por eleitores de Alexandre Frota. Hoje o garoto vive na Antuérpia, na Bélgica, com a mãe e a nova família.

Procurado, Mayã disse que só irá se pronunciar através de seus advogados no Brasil. Alexandre Frota não respondeu à equipe.

 

 

 

 

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com texto do Portal Extra


Leilão outubro 2018

Comente utilizando seu facebook