Notícias

Brecha no WhatsApp permite entrar em grupos e ler mensagens sem autorização


Faccrei Vestibular Inverno 2018

A revelação foi dada durante uma conferência de segurança

Foto: TheHackToday
O aplicativo possui falhas que permitem a espionagem das conversas

Há dois anos o WhatsApp incluiu em seu serviço de mensagem a criptografia de ponta-a-ponta, prometendo manter seguras as conversas dos seus usuários. No entanto, conforme relata o site Wired, parece que o sistema de segurando do aplicativo possui falhas que permitem a espionagem das conversas.

Um grupo de pesquisadores da Universidade Ruhr apresentou, na quarta-feira, 10, durante uma conferência de segurança do Real World Crypto uma série de falhas em aplicativos de mensagens que dizem ter criptografia, entre eles o WhatsApp, Signal e Threema.

O estudo mostra que, apesar de muitos aplicativos apresentarem falhas relativamente inofensivas, foram encontradas brechas graves no WhatsApp. Uma pessoa que controle os servidores do WhatsApp, como funcionários ou membros do governo, poderia adicionar uma pessoa em um grupo de conversa, de forma privada, sem a autorização do administrador – permitindo assim o acesso a todas as mensagens enviadas.


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Olhar Digital




Comente utilizando seu facebook